ESPAÇO FAMÍLIA
Centro de Desenvolvimento da Criança e da Família

 

Especialidades > Terapia Ocupacional

 

O que é a Terapia Ocupacional?

A Terapia Ocupacional é uma profissão da área da saúde que tem como objetivo primordial promover o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas de todas as faixas etárias, capacitando-as para a ocupação.

Segundo a Organização Mundial de Saúde esta profissão é a ciência que estuda a atividade humana e a utiliza como recurso terapêutico para prevenir e tratar dificuldades físicas e/ou psicossociais que interfiram no desenvolvimento e na independência do cliente em relação às atividades de vida diária, trabalho e lazer.

O Terapeuta Ocupacional trabalha com ocupações significativas. E o que são ocupações? As ocupações vão desde o brincar, às atividade da vida diária (tomar banho, lavar os dentes ou maquilhar-se), às atividade instrumentais da vida diária (conduzir, apanhar os transportes públicos ou cozinhar), às atividade de lazer e até mesmo as atividade produtivas (emprego).  

Ou seja, o Terapeuta Ocupacional vai avaliar e intervir nas ocupações significativas do seu dia-a-dia que por vários motivos deixou de as conseguir realizar. Por exemplo, este profissional irá ajudá-lo a trazer-lhe de volta a sua autonomia, caso se torne mais difícil realizar todas as tarefas de tomar banho sozinho na sequência de um AVC. Outro exemplo de intervenção destes profissionais, é com as crianças. Caso o seu filho tenha dificuldades em agarrar de forma adequada o lápis/caneta, ou demonstre grande reatividade a determinadas texturas e o ou sons, o Terapeuta Ocupacional irá ajudar a criança a desempenhar estas ocupações de forma adequada, utilizando a Integração Sensorial como forma de intervenção.

Concluindo, o Terapeuta Ocupacional atua com utentes desde recém-nascidos até idosos, em áreas tao distintas como a reabilitação física, neurologia, saúde e/ou deficiência mental, entre outros. Este espectro alargado de intervenção deve-se ao facto de este profissional trabalhar com a ocupação, um aspeto transversal a todas as faixas etárias, uma vez que nos envolvemos constantemente em diferentes ocupações no nosso dia-a-dia e ao longo de toda a vida.

- Dra. Rafela Ferreira Dinis, Terapeuta Ocupacional